segunda-feira, 25 de maio de 2009

Cachecol Gigante

Em meados de abril, recebi um convite para orçar a produção de um cachecol gigante para enfeitar a pilastra central de um Shopping em Brasilia, para a Campanha Outono/Inverno/2009. O trabalho deveria ser feito em tricô manual.

Fiquei super feliz pelo desafio. Idéias mil, mergulhei em pesquisas. Fios, cores, agulhas, tempo disponível, frete, etc. etc. etc.

Encontrei o fio mais grosso existente no mercado: PONTO ALTO, fabricado por Hilados LHO - Indústria Argentina - IMPORTADOR EXCLUSIVO ASLAN.

Sua composição 50% lã e 50% acrílico, meada pesando 100 gramas e com aproximadamente 34 metros, trata-se de um fio retorcido e regular, seguindo a tendência dos fios grossos e muito volumosos, criado para tricos marcantes e rápidos pelo seu aspecto macio para tricotar. Especial para cachecóis, bolsas, ponchos, etc. e IDEAL PARA O MEU CACHECOL GIGANTE. Agulha ? número 20. Similar a um cabo de vassoura.

Sem controlar a ansiedade comprei no mesmo dia lã e agulhas, o suficiente para fazer uma amostra. Definido o ponto, mãos a obra.


Com uma meada de 100 gramas e aproximadamente 34 metros, tricotei uma amostra com 40 cms de largura e 35 cms de altura. Calculei o tempo necessário, sem parar nem para um cafézinho.

Planejei faze-lo com 7 listras verticais unidas, todas medindo 10,5 mts de altura e 40 cms de largura, totalizando em largura 2,80 mts.

Usaria 240 meadas com aproximadamente 8.260 metros lineares e 29,4 m² tricotados + franjas nas duas pontas.

Orçamento enviado bem maneiro, no maior capricho. Juá me ajudou a formatar, ficou da hora. (rs). Aguardo resposta, uma, duas, três, quatro semanas e nada. Resolvi passar um e-mail, assim como quem não quer nada, meio tímido, meio sem jeito. E aí ? O que acharam? Gostaram?

- O cliente desistiu de usar na Campanha um cachecol.


- Obrigada, estarei sempre à disposição em eventuais oportunidades.

Puxa vida! fiquei triste pois tinha adorado o desafio, mas fiquei mais triste ainda pela atitude, pois aguardando um retorno por semanas deixei de fazer outros trabalhos, pois este me ocuparia todo o tempo. E até hoje estaria aguardando se não tivesse passado o e-mail.

Outro dia, vindo de uma reunião com a Aslan, uma amiga vinha comentando sobre um orçamento de 300 e não sei quantas carinhas de bichinhos feitos de feltro. Trabalhão danado, custos, material, cálculos, e a pressão danada cobrando o orçamento. Orçamento enviado e até hoje nem resposta.

Outro dia, li num blog., não lembro qual, a postagem de uma companheira, que recebeu a encomenda para fazer um forro de croche para um puff enorme. Pela foto pareceu-me todo feito de ponto baixo. Deve ter tido um trabalhão, quando foi entregar a pessoa simplesmente disse : - Não quero mais. Bem, aqui vai uma dica, da próxima vez peça um sinal.

Como estas já ouvi muitas histórias.

Quando passo algum orçamento que não está dentro das possibilidades do cliente, mas ele agradece minha atenção me dá uma resposta, fico muito satisfeita, sinto que sou respeitada e valorizada. Até se tratando de negócios podemos usar de gentileza.


13 comentários:

Sue Paula disse...

Oi, Miriam!
Já aconteceu comigo também. A cliente me apressou até, e na hora de fazer o depósito para que eu lhe enviasse o produto, ela sumiu. Pensei que ela pudesse estar passando por problemas, mas sabemos que não custa nada dar um toque, né?! Você tem toda razão. Trabalhos melhores virão!
Fica com Deus.
Abracinhos
Sue

Marli disse...

OLÁ MIRIAM!!
SEU CACHECOL VAI FICAR LINDO,EU ADORO TRABALHOS COM LÃ ASSIM GROSSA.OS PONTOS APARECEM BEM.
VAI FAZER SUCESSO, FORA QUE VAI FICAR BEM QUENTINHO.
ABRAÇOS, FICA COM DEUS,
MARLI

Nilda Biagio disse...

Olá Miriam
Infelizmente,amiga,encontramos esse tipo de problemas. Parece que algumas pessoas acham que estamos brincando com agulhas e linhas!
Mas ainda bem que existem muitas outras que reconhecem nosso trabalho!
Fica triste não!!!
Boa semana!!
Bj
Nilda

Laine disse...

Olá,amiga!
Passei para ver as novidades e te deixar um beijinho!!!
Adorei todas.
Pensamento positivo que novos trabalhos aparecerão.
Tenha um lindo dia!
Laine

Joana disse...

Oi Míriam, isso acontece em todas as profissões, comigo ocorre o mesmo. As vezes gasto tanques de combustível com um(a) cliente, meu tempo precioso que poderia ser usado tricotando, e depois de ver a cidade toda a criatura simplesmente some ou então descubro que "só tava dando uma pesquisada".Eu jogo praga, da leve tipo unha encravada, espinha na cara, micose... Mas no teu caso nem ache esquisito, era de Brasília, também não fique triste, quem perdeu foram eles, imagine a publicidade que ia dar. Beijos
Joana

ftian disse...

hi

Brú disse...

Nossa... o Nando tinha me dito desse cachecol. ficamos em casa pensando, e fazendo contas para "tentar ajudar" rs E o cara faz isso? Que abuso!!! Santa Paciencia!!! ¬¬

Aline / Nina Corrêa disse...

E mais uma vez em meio a minha busca por fotos de tricot/ croche chego até aqui!Rs. Parabéns pelo trabalho Dna Miriam. Um grande beijo.

Faniquito disse...

Oii Mimi !!!

Pois é... uma meleca isso. Mas considere como aprendizado... aliás, se houvesse mais bom senso por parte das pessoas a situação atual seria bem diferente. Fazer o que, né.

Beijinhos

Ana

Aline / Nina Corrêa disse...

Pode deixar! Esquecerei do Dona!Rs. Bjs.

Eunice Martins disse...

OLA MINHA QUERIDA MIRIAM QUE SAUDADES AMIGA, FIQUEI SUPER TRISTE POR VOCÊ, AMIGA ISSO NÃO SE FAZ, QUE FALTA DE RESPEITO,MAS ENFIM GENTE DESSA Á MUITA INFELIZMENTE,MINHA LINDA ESPERO QUE DE RESTO TUDO ESTEJA BEM, BEIJOCAS PARA SI E PARA TODOS OS SEUS. E TOCA A LEVANTAR A CABEÇA QUE LOGO LOGO OUTROS VIRAM COM MUITO SUSSEÇO.

Sandra disse...

Oi amiga, passei para ver as novidades. Seu blog ta´lindo como sempre. Tb já passei por isso. Uma pessoa disse que era pra enxoval e encomendou alguns panos de copa. Corri contra o tempo pra fazer tudo direitinho, resultado: Sumiu e nunca mais deu satisfação, nossa fiquei mto possessa. MAs aprendi. Realmente, qdo se passa um orçamento e a cliente aceita, sempre um sinal antes, pq do contrário, a gente fica com o prejuízo. Mas como uma amiga disse, trabalhos melhores virão com certeza. boa sorte amiga!
Bjs e ótimo final de semana.
Sandra

tiane disse...

Oi Miriam!
Que coisa, hein?
Fiquei passada com essa história.
Ninguém merece essa falta de consideração.
Que absurdo!
Olha, se consola, as amostras ficaram bem lindas, gostei das cores e desse ponto que rende bastante.
Fiquei aqui, imaginando os calos depois de segurar agulhas tão pesadas...
rsrsrsrs!
Um beijo.
Tiane.